19 de set de 2011

Metodologia Científica - A Resenha Crítica Acadêmica

Todo estudante de Farmácia (ou mesmo de qualquer curso superior) possui uma matéria em comum: Metodologia Científica.  A Resenha Crítica Acadêmica  (resenha crítica artigo científico) faz parte do processo de avaliação da disciplina Metodologia Científica dos cursos de Farmácia das Universidades Federais. A disciplina é obrigatória e essencial para a carreira acadêmica. Nela aprende-se o necessário para fazer Artigos Científicos, Projetos de Pesquisa, Resenhas, Monografias, entre outros.

Segundo a Wikipédia, "[...]Resenha Crítica é a apresentação do conteúdo de uma obra, acompanhada de uma avaliação crítica. É uma descrição minuciosa que compreende certo número de fatos: é a apresentação do conteúdo de uma obra. Consiste na leitura, resumo, na crítica e na formulação de um conceito de valor do livro feitos pelo resenhista. A resenha crítica, em geral é elaborada por um cientista que, além do conhecimento sobre o assunto, tem capacidade de juízo crítico. Também pode ser realizada por estudantes; nesse caso, como um exercício de compreensão e crítica. A finalidade de uma resenha é informar o leitor, de maneira objetiva e cortês, sobre o assunto tratado no livro ou artigo, evidenciando a contribuição do autor: novas abordagens, novos conhecimentos, novas teorias. A resenha visa, portanto, a apresentar uma síntese das ideias fundamentais da obra. O resenhista deve resumir o assunto e apontar as falhas e os erros de informação encontrados, sem entrar em muitos pormenores e, ao mesmo tempo, tecer elogios aos méritos da obra, desde que sinceros e ponderados. Entretanto, mesmo que o resenhista tenha competência na matéria, isso não lhe dá o direito de fazer juízo de valor ou deturpar o pensamento do autor."  

Mais importante do que fazer redações científicas, aprende-se a redigir cientificamente, com base em padrões nacionais e/ou internacionais (por exemplo, como fazer as referências de acordo com a ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas), de modo que qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo entenda o que o estudante quer falar em suas produções científicas.

Dessa forma o aluno deve elaborar uma resenha, que nada mais é do que uma opinião acerca de um tema, de um artigo científico, de uma monografia, de um filme, de uma peça teatral, etc. Essa opinião é pessoal, de forma que não pode envolver referências acadêmicas (citações, por exemplo), ou seja, a opinião é inteiramente de que escreve.

 De modo simplificado, uma resenha é composta de quatro tópicos:

Referência da Obra -Aqui você informa do que você está resenhando (se é de um artigo científico, de uma monografia, etc.), pondo a referência conforme as regras da ABNT.

Credenciais dos Autores - Como o próprio nome diz, informe as credenciais do(s) autor(es), isto é, a sua graduação, pós-graduação, em que trabalha atualmente.

Resumo da Obra - Você faz um breve resumo do que você está resenhando. Aqui você ainda não emitirá sua opinião, reservando-a para o último tópico.

Apreciações Pessoais do Resenhista - Aqui sim você dará sua opinião, sendo esta pessoal e não deverá conter citações de outros autores, outros artigos, etc (é possível informar dados de instituições oficiais ou informações jurídicas, como dados do IBGE ou citar artigos da Constituição Federal, por exemplo).

Pois bem, estudante amigo, agora você já sabe o que é uma  resenha critica a um artigo cientifico! Espero que tenha gostado. Comente!

Marcelo Aguiar 

5 comentários:

  1. Excelente.Foi de muita ajuda...Obrigada

    ResponderExcluir
  2. Suas informações foram muito esclarecedoras e me ajudará muito.
    Grata.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite !!!!!

    Adorei muito bom e bem objetivo era isto que eu procurava

    Muito obrigada

    ResponderExcluir
  4. Gostei do esclarecimento sobre Resenha Crítica, ta objetivo, e isso ajuda bastante...

    ResponderExcluir

Os comentários são muito bem vindos e importantes para Farmácia Escola, pois enriquecem o conteúdo dos artigos a ajudam os demais visitantes. Lembrando que O comentário deve estar relacionado ao assunto do artigo.